Coisas Boas da Gravidez | #acarlinhavaisermãe

Coisas Boas da Gravidez | #acarlinhavaisermãe

Já vos falei das coisas estranhas da gravidez, mas alguns de vocês devem ter ficado a pensar "então, mas não há nada de bom aí no meio?"
Há! Claro que há! Vou falar por mim mas penso que algumas coisas também são comuns a outras mamãs! 
Vejamos:


  • ADEUS TPM! Este é sem dúvida das melhores coisinhas da vida ehehheheh



  • O meu cabelo deixou de cair e ficou ainda mais forte.



  • Tal como o cabelo, as unhas crescem rápido e fortes.



  • Passei a tratar mais de mim, a ter mais cuidados com o meu corpo e com a minha alimentação. (claro que também houve exceções)



  • A celulite desaparece! (ups! afinal não...ela não desapareceu..fica é complicada de ver!)



  • Ouvir o coração do bebé e ver todas as ecografias seguintes provocam sensações maravilhosas, momentos emocionantes e mágicos.



  • Fiz coisas que não fazia desde criança (como por exemplo: bordar ponto cruz).



  • Aventurei-me mais nos DIY (tanto para a decoração do quarto, como para aquelas coisas que vão dar jeito quando a criança nascer).



  • Aprendi a gostar de mim.*(talvez deixe este tópico para ser explorado noutro post)



  • Aprendi a gerir as minhas emoções e os meus sentimentos. (Não fiquei perfeita, mas tenho consciência que melhorei muita coisa.)



  • Descobri que a minha barriga é um condomínio de luxo: disponibilizou à Matilde aulas de dança, karaté, pilates, yoga e até de natação.



  • Passei a entender algumas frases típicas como "Quando fores mãe vais perceber!"



  • Descobri novos medos, mas descobri que ganhei ainda mais força para os ultrapassar.



  • Fiz coisas pela Matilde que não faria por mim. 



  • Aproveitei o tempo: Houve dias em que trabalhei como se não houvesse amanhã e houve dias em que aproveitei para fazer NADA e soube tãããããooo bem.



  • Deixei de carregar sacos de compras até ao 3º andar sem elevador (a menos que estivesse sozinha).



  • As minhas papilas gustativas começaram a trabalhar como deve ser: passei a distinguir ingredientes quando antes só avaliava as comidas em duas categorias "gostei" ou "não gostei".



  • Fiquei mais positiva e focada no que realmente interessa.


  • Fiquei com uma aura mais luminosa mesmo sem maquilhagem! (pelo menos foi o que ouvi)


  • Fiquei a saber quem realmente (se) importa.


Claro que há coisas que podem ser encaradas como boas e ao mesmo tempo menos boas, por isso decidi não incluir nesta lista!
Next PostNewer Post Previous PostOlder Post Home