Sorte a minha!... | #CabifyLovers

Sorte a minha!... | #CabifyLovers

Enquanto escrevo este post já posso dizer que estou mais calma! No entanto, não sei se vou conseguir manter-me assim por muito mais tempo porque isto mexeu mesmo mesmo mesmo muito comigo! Mas vá...vamos ao post.

Eu posso não ser a pessoa mais atinada deste mundo, mas se há coisa que eu sou consciente e que tenho bastante atenção é a tudo o que envolve estacionamentos, paragens em sítios proibidos, e coisas que possam transtornar os outros condutores ou peões. Posso andar meia hora à procura de estacionamento, mas recuso-me a parar em segunda fila, linhas amarelas ou em frente a portões etc e tal.

Ontem fui a mais umas consultas e tive o cuidado de estacionar num ESTACIONAMENTO, PAGUEI parquímetro e fui à minha vidinha. É certo que a hora do ticket passou e até já estava a contar pagar uma "multazinha". O que eu não estava à espera é que houvesse um cenário pior! Vocês não estão bem a ver o meu pânico quando passo o estacionamento e não vejo o carro. Primeiro pensei que o tivesse estacionado noutro sítio e que já não me lembrava. Depois pensei que se calhar, não tinha trancado o carro e que mo tivessem roubado. Acreditei mais nesta hipótese. Até que perguntei às pessoas dali da zona se não tinham dado conta de algo suspeito em plena luz do dia. Responderam-me com "ar de pena": "Menina, o mais provável é ter sido rebocado!". E FOI!

Para além de toda esta situação que me deixou com os nervos em franja, com as lágrimas a escorrer pela cara abaixo e com o carro a mais de 3 Kms de distância do sítio onde o tinha deixado (que não eram 3, mas sim 6), e de me terem dito: "A pé demora um pouquinho, com essa barriga então deve demorar mais. É melhor chamar um táxi!" foi então que pensei: "Um táxi o caraças! Vou mas é chamar um Cabify." 

Nunca pensei que isto desse um post. A verdade é que em momentos como estes eu não queria ouvir ninguém a dar palpites e a revoltarem-se com "a cambada de ladrões" e de "caça à multa" porque "o natal está aí à porta" e "querem é ganhar mais um subsídio de natal". Por isso, esta experiência com a Cabify veio mesmo a calhar. Uma viagem traquila, segura e calma. O senhor até teve o cuidado de baixar o volume do rádio pois percebeu que eu não estava com vontade de ouvir mais nada naquela altura. Ele até pediu informações por mim, porque a única coisa que me disseram sobre a localização do carro foi "ali na estrada de Avintes, na Av. Vasco da Gama" nem nº da porta, nem pontos de referência. Se eu algum dia imaginei que ia precisar de um carro para ir buscar o meu? Não! Nunca na vida. Mas é nestas alturas que agradecemos que estes serviços existam porque não havia metro, nem autocarro que lá chegasse! E a viagem ficou por 3.50€ mesmo saindo do centro da cidade.

Desculpem não acompanhar este post com fotografias, mas como devem imaginar, foi coisa que nem sequer me ocorreu tal era o desespero. Já sabem que podem ter deconto de 12€ na vossa primeira viagem usando o código "MAKECABIFY".


Next PostNewer Post Previous PostOlder Post Home