Sempre que me diziam "ah e tal...estás grávida! Tens de fazer um baby shower!" eu torcia o nariz! Até hoje não percebi muito bem a diferença entre baby shower e chá de fraldas, mas pelo que sei é um encontro de 2 ou 3horas com a família e amigos dos pais da criança em que todos passam umas horas a enfardar comer com alguns desafios sobre maternidade à mistura e alguns presentes/muitas fraldas.

Depois de ouvir "Baby Shower, baby shower, baby shower" lá me rendi e decidi que então a pequena Matilde ia ter um Baby Shower mas...mais soft! Em vez de juntar a família e amigos, pois isso ia dar muita confusão e eu queria era paz, convidei as titis mais queridas que a Matilde podia ter e que fazem parte da blogosfera portuguesa e abri as portas de casa, ou devo dizer, da cidade.

Espinho encheu-se de mulherio e foi o palco do domingo mais doce, divertido, feminino dos últimos tempos. O encontro começou logo pela manhã, teve direito a almoço no Hora H que recomendo vivamente, também teve direito às típicas sessões de fotos dos looks e depois um lanche e momentos bem lúdicos e emotivos!

Para quem ainda vai passar por momentos destes e quer simplificar ao máximo, façam como eu: peçam ajuda! Como tenho estado cheia de trabalho e com pouco tempo e também porque tenho as titis mais queridas junto de mim, dividimos tarefas. A Catarina fez o bolo maravilhoso, a Joana Cardoso fez uns cupcakes deliciosos e ainda umas bolachinhas de chorar por mais, o papá (Luis) fez uma pizza que desapareceu em pouco tempo e eu só tratei da decoração, servi uns queijinhos, umas bebidas e uma espuma de frutos vermelhos. Assim não tive de stressar muito: o importante era ter variedade na mesa (doces e salgados...mas maioritariamente doces eheheh)










Ainda vi algumas coisas giras para fazermos durante a tarde, mas até nisso a Joana deu uma ajuda e preparou mais atividades surpresa. Eu fiz uma "Caixa das Curiosidades" com uns cartões para cada titi preencher com "Coisas que vou aprender com a mamã..." e "Dicas para a mamã tratar de mim:" e ainda com um novelo de lã e uma tesoura para as titis apostarem no tamanho da minha barriga. (Comparado com as apostas delas, devo dizer-vos que estou muito elegante pois a maioria delas achou que eu estava uma booolaaaa) A Joana ainda trouxe umas "listas de desejos das titis para a Matilde". No meio de respostas bem originais e divertidas, claro que também não faltaram lágrimas e pensamentos/ensinamentos profundos. O melhor é ver que nenhuma delas é mãe e são todas mais novas que eu, mas isso não faz delas menos adultas ou menos maduras. Quando digo que a Matilde tem as melhores titis do mundo, TEM MESMO!

Como elas têm uma personalidade muito forte e gostam de me contrariar, mesmo quando eu disse: "venham só! Não gastem dinheiro com nada!" elas trouxeram o primeiro "T0 da Matilde". Uma tenda onde ela vai poder descansar, sonhar, brincar e até refugiar-se. Se tivesse que eleger o ponto alto da tarde, diria que foi todo o processo de montagem da tenda...e mais não digo...mas pode ser que um dia mostre alguns pequenos vídeos dessa "pequena" obra de arte.


Aposto que a Matilde vai ter um sorriso ainda maior do que o meu quando lá estiver ;)


Nunca imaginei que o blog me pudesse trazer momentos tão felizes. Momentos esses que se devem a pessoas. E eu tenho a sorte de ter as princesas mais especiais sempre por perto! A Matilde vai ser uma criança mesmo feliz porque as titis fazem a mamã feliz! (",)

Eu já vos tinha dito que quem me acompanha pelas redes sociais fica a saber de algumas coisas em primeira mão. Por isso, se ainda não me seguem pelo instagram, snapchat e facebook, façam o favor de seguir tudo! Para quem já me segue, já sabe que eu fui convidada pela A'rcopedico para conhecer e apresentar-vos posteriormente as novidades da marca líder e pioneira mundial em calçado confortável. Uma marca amiga do ambiente, dos animais e dos nossos pés!

Depois de conhecermos a fábrica, os materiais utilizados e a forma de trabalhar, não há nada melhor do que testar e pôr à prova o calçado com pouco mais de 120gramas por par. Na terça feira, saímos do Hotel Santana a pé e percorremos a cidade de Vila do Conde para um passeio pedonal onde tivemos oportunidade de ficar a conhecer mais sobre a história da cidade.

Com estas botas a estrear, super grávida e com os Kms todos que tinha pela frente, confesso que estava à espera de fazer uma bolha ou no calcanhar ou num dedo do pé...afinal de contas... acontece-me sempre uma dessas coisas cada vez que ponho a uso um par de sapatos novos. No final do dia, a única dor que sentia era nos gémeos e no ombro...mas era do cansaço. Nos pés...não sentia nada...nem frio! Todo o calçado respeita 2 princípios básicos:
A liberdade do pé e o correto apoio do arco do pé. Foi mesmo isso que senti quando as calcei pela primeira vez. O pé encaixa naturalmente por todo o sapato ficando "aconchegado".

Uma das surpresas mais agradáveis que tive foi o sentido estético que tem vindo a ser uma das preocupações da marca. Se quando falávamos em calçado que aposta em conforto vínha-nos à mente os sapatos das avós, em que fugíamos deles a 7 pés, hoje me dia já conseguimos soluções bem mais elegantes.






O look:
Botas: A'rcopedico
Calças: Zara
Camisola: Bershka
Casaco: Stradivarius
Cachecol e Tapa Orelhas: H&M

Fotografias: Joana Cardoso do blog The Paper and Ink
Acabou de chegar a Portugal uma das marcas de maquilhagem mais desejada de sempre! É uma marca brasileira que faz parte do Grupo Boticário e veio alegrar ainda mais os nossos dias.
Com uma filosofia para facilitar a vida de todas as mulheres, com o objetivo de simplificar e contrariar todas as regras que têm sido impostas ao longo dos tempos. No fundo, todas nós vamos poder brincar com a maquilhagem sem regras! Além disso, os preços dos produtos são tããããão acessíveis... Não estejam à espera de embalagens super glamourosas, com  acabamentos metalizados e super shinny. O objetivo da marca era trazer a maior qualidade ao menor preço, por isso as embalagens são simples mas bem divertidas. Sabiam que os produtos são referenciados por nomes? Não há cá batons com números. As cores têm nomes e a certa altura damos por nós a cantar Fafá de Belém com o vermelho, vermelhao, vermelhusco, vermelhante e vermelhão são apenas alguns exemplos. Vamos conseguir encontrar nas lojas mais de 400 produtos e só vamos mesmo sentir dificuldades em controlarmos os nossos desejos.
Eu fui ao evento de apresentação da marca a Lisboa e acho que a maioria de vocês adorou saber tudo ao mesmo tempo que eu, pois eu partilhei tudo através das stories do instagram (sigam-me aqui: @carlacunhamakeup). É lá que acontece tudo em primeira mão!

A primeira loja abriu ontem no Norteshopping e em Lisboa abrem duas até ao final do ano sendo que uma delas é já amanhã.

Nos próximos dias quero muito partilhar convosco aquilo que já tenho estado a testar. E podem ver na foto seguinte que não é pouca coisa!!!
Curiosas?


A minha maior preocupação com a gravidez é: ter a minha Matilde bem. No entanto, há outras coisas merecem certos cuidados.

A primeira coisa que me alertaram, mal souberam que eu estava grávida, foi para o aparecimento de estrias. Aconselharam-me logo mil e uma soluções para que não aparecesse nem um fiozinho de estrias e, mesmo assim, "eu não quis saber"! Quero eu dizer: não paniquei! Olhei para mim, para o meu corpo, para o espelho e vi que o meu corpo já estava marcado por estrias há muito tempo. Já vivo com elas desde a adolescência e nunca foram motivo para eu tapá-las, escondê-las ou deixar de gostar de mim. Mesmo assim pensei que provavelmente se aparecessem muuuuiiiitas estrias com a gravidez em sítios onde não as tive até agora, como é o caso da barriga, não sabia como ia reagir depois. Mentalizei-me que realmente mais vale prevenir que remediar! Todos os cremes anti estrias que me recomendavam custavam entre os 30 e os 40€ e não me apetecia nada dar tanto dinheiro por um creme!
Não vou negar: deixei-me influenciar pelo fator preço e por opiniões que já ouvia há anos enquanto trabalhei na The Body Shop. TODAS mas todas as grávidas que eu atendi por lá iam lá buscar manteiga de cacau. TODAS as recentes mamãs que atendi por lá disseram que usaram manteiga de cacau durante a sua gravidez e que os resultados foram: ZERO ESTRIAS!

No verão ainda apanhei a manteiga de cacau com a embalagem antiga, vinha num stick que faz lembrar um desodorizante. Apanhei-a nos saldos e comprei logo duas embalagens. Na minha última ida à The Body Shop, não havia manteiga de cacau em nenhum dos formatos, já previa que ia ser descontinuada uma vez que tinha pago cerca de 8€ por cada stick no verão. Questionei se havia a pequena probabilidade de ainda existir noutra loja e as meninas foram umas queridas e reservaram-me logo estas duas embalagens. A boa notícia?
Estava a decorrer uma promoção qualquer e voltei a comprar 2 embalagens pelo preço de 1!

Resumindo: Já comprei 4 embalagens de um hidratante maravilhoso pelo preço de 1 creme todo XPTO à venda em farmácias. Ao sexto/sétimo mês de gravidez ainda não encontrei nenhuma estria nova e pelo andar da carruagem, não vou encontrar até ao final da gravidez! Não é maravilhoso?


 Há um "pequeno altar" de produtos YSL cá em casa. Desde lápis de olhos, máscara de pestanas, primer de lábios até ao tipo de produto que abunda em maior quantidade: BATONS. E acreditem que não estão cá todos nesta(s) foto(s).

Lembro-me como se fosse hoje, a minha primeira compra de baton YSL. Era o 33 daqueles cilíndricos que estão a ver ali em cima. Um rosa fuchsia, nada discreto, bem cremoso, pigmentado que dói e duradouro. Uma embalagem poderosa e luxuosa com o seu preço proporcional ao luxo e poder que transmitia cada vez que o usasse. Ainda não o tinha usado até ao fim e já estava a comprar o segundo e terceiro de uma só vez. Entretanto consegui apanhar alguns em promoção (que continuam a ser caros, mas sempre dói menos um bocadinho, não é verdade?) e a coleção foi aumentando. Experimentei novas linhas, novos acabamentos, novas fórmulas e novas texturas. Mesmo assim não consigo decidir qual o meu favorito! Há cores que gosto mais com acabamento vinil (estes já abaixo), há outras que prefiro com acabamento mate e por aí fora. A verdade é que nenhum deles me desiludiu. Não há um que eu possa reclamar ou dizer que não vale o dinheiro, pois todos eles valem cada cêntimo e é isso que eu gosto: fazer compras acertadas, sem arrependimentos, mesmo que um baton custe a "módica" quantia de 20 e tal euros, quase 30!




E vocês? Há algum produto que mesmo não sendo barato, não resistam a comprar?

As minhas últimas semanas têm sido uma correria constante, sempre de um lado para o outro, sem parar!
Entre trabalhos, consultas por causa da gravidez, aulas de preparação para o parto, festas de natal e formações, não sei quantos Kms tenho feito por dia! Ainda na 5ªfeira passada, estive em Gaia, Espinho, Gaia, Espinho, Porto, Espinho... entretanto já era 6ªfeira e já estava em Aveiro e no sábado já estava em Viseu. Uffa... que canseira!

Em dias super agitados como este, ainda por cima com a festa da YSL à noite, para não correr o risco de fazer tudo à pressa, decidi maquilhar-me logo de manhã. À noite só tive mesmo de retocar o baton. Antes da aula de preparação para o parto, econtrei-me com a Lena e fomos à descoberta de Gaia para fotografar. Para este longo dia, a palavra de ordem era, CONFORTÁVEL! Por isso, nada melhor que uma camisola quentinha, umas calças elásticas e uns ténis (já que à noite esperavam-me uns sapatinhos de salto alto)!








 




 Look:
Poncho: Zara (já tem anos)
Camisola: Primark
Calças: Vero Moda (El Corte Inglés)
Ténis: Adidas - Superstar
Mala: Stradivarius





Já não me lembrava do que era ter um fim de semana inteirinho de folga. Daqueles em que me desliguei quase por completo do telemóvel (no domingo nem lhe toquei!), das redes sociais e me deixei envolver por tudo!

[Neste momento só espero que a minha médica não esteja a ver este post, mas se estiver: "oh Doutora, uma vez não são vezes!" ]


Fomos até Viseu passar a tarde com uns amigos (aaaaiii como o tempo passa a correr), aproveitamos e fomos mais cedo e almoçamos por lá. Se há amigos por lá, antes de recorrermos ao TripAdvisor, recorremos a quem é da zona e aceitamos as sugestões. Fomos ao Maria Xica, mesmo na Sé de Viseu. Por fora, a pedra dá um ar rústico e por dentro a decoração permanece no mesmo estilo.
Escolhemos uma mesa para 2 bem no cantinho da sala. Gostei muito por não ser apenas uma cadeira para cada um, mas sim um sofá.





 Para menú, optamos por escolher vários petiscos para a nossa refeição. As entradas eram óptimas, vários tipos de pão, azeitonas, paté e um azeite avinagrado! Depois pedimos picapau, folhado de alheira, frango panado com molho de mostarda e mel e ainda umas migas para acompanhar. A minha maior surpresa foi o picapau, pois normalmente não gosto de nada que tenha pickles, mas o meu preferido foi o frango com o molho de mostarda e mel, não sobrou nenhum pedacinho!







Deixem-me como sugestão os vossos restaurantes e pratos preferidos. Já que vou andar de um lado para o outro nos próximos tempos até pode ser que eu siga as vossas indicações ;)
Previous PostOlder Posts Home